Imprimir

Cerimônia de formatura homenageia concluintes de cinco cursos técnicos do IF Sudeste

 
 
Concluintes dos cursos técnicos em Eletrotécnica, Guia de Turismo, Manutenção Metroferroviária, Mecânica e Transporte de Cargas do Campus Santos Dumont do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG) foram homenageados na noite desta quinta-feira, 22 de dezembro. Com a presença de familiares e amigos dos estudantes das formações, todas concomitantes ou subsequentes ao Ensino Médio, a cerimônia simbólica de formatura foi realizada no Grêmio Literário e Recreativo Mário de Lima.
 
A mesa de honra da solenidade contou com o diretor-geral do Campus Santos Dumont, professor André Diniz de Oliveira, a representante da Direção de Desenvolvimento Educacional, professora Francilene Barbosa, e a representante dos docentes, professora Sarah Vieira. Professores paraninfos e homenageados por cada uma das turmas entregaram os certificados simbólicos de conclusão de curso.
 
Concluinte do curso técnico em Transporte de Cargas, Thuan Bernard valoriza demais a experiência que o IF acrescentou a sua vida. Com o auxílio do intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) Aguilar Ribeiro durante os três semestres de formação, o estudante surdo venceu todos os desafios - e vem mais por aí. "O curso me ajudou a ampliar a visão sobre Transportes: Marítimo e Ferroviário, especialmente, e também a questão da Logística. Encaro isso com outros olhos agora", contou Thuan.
 
Aos 21 anos, Thuan destacou ainda que evoluiu muito ao longo dos três períodos, nos quais a principal dificuldade foi lidar com alguns textos apenas escritos (não convertidos à Libras). No entanto, por dominar a Língua Brasileira de Sinais, o aluno, a partir da interpretação de Aguilar, não teve qualquer problema para acompanhar as aulas e desta maneira assimilar o conteúdo das disciplinas, concluindo todas elas com sucesso. A ideia de Thuan agora é continuar estudando. "Pretendo cursar a graduação em Letras - Libras", projetou o estudante, citando o curso que é ofertado na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).
 
Durante a cerimônia, os alunos prestaram tributo a diversos grupos de pessoas que contribuíram para sua formação - professores, familiares e amigos, por exemplo. Concluinte do curso em Guia de Turismo, Shaen Keitely de Almeida realizou o juramento. Vinícius Quintiliano, de Eletrotécnica, foi o orador que representou as turmas. Em seu discurso, ele falou sobre incertezas da época em que ingressaram no IF e de que maneira a amizade os ajudou a vencer os obstáculos. Vinícius ressaltou também que essas experiências serão importantes na sequência de suas vidas e concluiu agradecendo aos professores. 
 
Num discurso que emocionou o público, a professora Sarah citou diversos compositores e pensadores para falar sobre o "sonho" e suas diferentes interpretações, explicando como ele pode impulsionar os estudantes a ações, à realização profissional e à própria felicidade em todos os níveis. "As pessoas mais felizes são aquelas que aproveitam as oportunidades", afirmou a representante dos docentes.
 
O diretor-geral, por sua vez, destacou a conquista dos estudantes - que quase sempre conciliam as atividades no IF com obrigações profissionais ou em outras instituições de ensino - e afirmou que "eles são a própria escola". De acordo com o professor André, quando os alunos saem da escola ao concluírem seus cursos, estendem o alcance e a influência do IF na comunidade. O diretor-geral encerrou a solenidade pedindo a todo o público aplausos aos concluintes.
 
Confira outras fotos: